Transnordestina, prometida nas campanhas de Lula e Dilma, só teve 22% da obra concluída em oito anos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

De acordo com informações divulgadas hoje pelo Ministério dos Transportes, a Ferrovia Transnordestina, que teve sua obra lançada pelo então presidente Lula em junho de 2006, em plena campanha eleitoral, teve apenas 22% de seu trajeto concluído, após quase oito anos de construção. Segundo o balanço do Ministério dos Transportes, estão prontos apenas 383 quilômetros dos 1.728 planejados para a Ferrovia. Além do atraso no cronograma, as obras de engenharia da ferrovia também se encontram paradas há quatro meses, aumentando o adiamento da conclusão da Transnordestina.

Assim como Lula havia prometido a conclusão da Ferrovia em 2010, Dilma também fez suas promessas em relação à obra, e na campanha eleitoral, garantiu que a Ferrovia estaria pronta no final de 2014. Em visita ao Nordeste, no mês de setembro do ano passado, Dilma esticou a promessa e além de dizer que a Transnordestina impulsionará o desenvolvimento na Região Nordeste, disse que a obra seria entregue em 2016, prazo agora esticado para 2017. No lançamento da obra, em 2006, Lula disse ao então ministro Ciro Gomes: “O filho nasceu, está andando e vamos poder curti-lo juntos”. Se for mantido o ritmo das obras, de 22% em oito anos, a Transnordestina só ficará pronta em 24 anos, e dificilmente Lula estará vivo para andar com Ciro Gomes pela ferrovia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp