Tiros são disparados contra a casa de Romeu Tuma Jr em São Paulo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O ex-secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Junior, que denunciou em livro o uso da máquina do governo para forjar dossiês e tentar destruir adversários políticos, teve a casa alvejada por tiros.  No mesmo dia em que a Câmara aprovou a convocação de Tuma para falar sobre o livro “Assassinato de Reputações – um crime de Estado”,  a filha do ex-secretário surpreendeu um homem forçando o portão da residência da família em São Paulo. Dois disparos  atingiram a parede pouco acima de uma das janelas da casa. Para o ex-secretário,  o fato não foi isolado e só pode ter relação com o chamado ao Congresso. “Foi muito estranho. Nunca ninguém tentou nada parecido na minha casa. Só pode ter sido por causa da convocação no Congresso, porque aconteceu horas depois da divulgação na imprensa”, disse  Tuma Jr. ao site da revista Veja.  O possível atentado, no entanto, não vai, segundo ele, diminuir o ímpeto de denunciar os desmandos petistas no poder. “Eles não vão me intimidar.”  Leia mais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp