Crítica à retirada de assinaturas que inviabilizou a CPI que investigaria a CBF e federações de futebol

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O senador Alvaro Dias lamentou que, mais uma vez, parlamentares tenham retirado suas assinaturas do requerimento de convocação de uma CPI, no caso, para apurar denúncias de abuso de poder econômico e de suposto desvio de verba, entre outras irregularidades, atribuídas à CBF e a federações estaduais de futebol. Segundo informação do presidente do Senado, Renan Calheiros, nove assinaturas foram retiradas do requerimento, e com isso a CPI não pôde ser instalada, o que gerou tumulto e discussões entre senadores na sessão plenária. Alvaro Dias defendeu a importância da CPI, e defendeu a aprovação de projeto que impede a retirada de assinatura de proposição após a sua apresentação à Secretaria Geral da Mesa.

“A CPI não é fruto de irresponsabilidade, é uma iniciativa necessária porque a administração do futebol no país continua corrupta, em que pese uma CPI ter feito verdadeira devassa, e revelado suas mazelas indiciando dirigentes e os colocando no ostracismo. O senador Mario Couto tem razão em pedir uma investigação, especialmente neste período dos preparativos para a Copa do Mundo, que se dão em meio a notícias e denúncias de superfaturamento de obras, especialmente dos estádios de futebol. Mas o que resta desse debate é um ensinamento. Há um projeto ou mais de um projeto nesta Casa que pretende instituir como definitiva a assinatura aposta a requerimentos que pretendem a instalação de CPIs. Nós precisamos deliberar sobre projeto dessa natureza. Nós precisamos aprovar um projeto de lei que estabeleça ser definitiva a assinatura em requerimento propondo CPI nesta Casa. Isso é em nome do bom senso; em nome, sobretudo, da respeitabilidade; em nome do conceito da instituição parlamentar. Realmente, nós não entendemos como favorável à boa imagem do Parlamento a retirada de assinaturas em Comissão Parlamentar de Inquérito”, afirmou o senador Alvaro Dias.

Foto: Luiz Wolff

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp