Reprovação do governo bate recorde, e população acredita que economia irá piorar nos próximos meses

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O governo Dilma Rousseff é rejeitado por 64,8% dos brasileiros, e 77,7% reprovam o desempenho pessoal da petista à frente da Presidência. Além disso, 59,7% são favoráveis ao impeachment da presidente. As informações são de pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta segunda-feira (23). O levantamento constatou também que 75,4% dos entrevistados acreditam que o atual mandato de Dilma é pior do que o anterior, e que 81% apontam que a petista não está cumprindo suas promessas de campanha. A aprovação de Dilma chega a somente 10,8% dos entrevistados, um valor cerca de quatro vezes menor do que a aprovação identificada na última pesquisa, de 41%, efetuada entre 27 e 28 de setembro do ano passado.

Outro aspecto destacado pela pesquisa CNT/MDA diz respeito ao pessimismo generalizado em relação aos rumos da economia brasileira para os próximos meses. A maioria dos entrevistados disse que teme o aumento do custo de vida e já tem percebido a elevação dos preços de alimentos, transporte, saúde, energia e outros. Para 49,5% dos entrevistados, a crise econômica estará pior ao fim do governo Dilma e 82,9% afirmaram que a petista não está sabendo lidar com as dificuldades.

A pesquisa CNT/MDA identificou também que a maior parte dos brasileiros acredita que a presidente Dilma Rousseff e o seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, são culpados pela corrupção instalada na Petrobras. À pergunta “O (a) Sr. (a) acha que a presidente Dilma Rousseff é culpada pela corrupção que está sendo investigada na Petrobras?”, 68,9% responderam sim. Com Lula no lugar de Dilma, o porcentual de entrevistados que concordaram com a questão é de 67,9%. As questões foram feitas a um público informado sobre o assunto – 85% declararam conhecer as notícias sobre a corrupção na estatal.

O conhecimento é acompanhado de descrença em relação à capacidade de o governo federal para reverter o quadro. A maioria dos entrevistados – 57,4% – disse que não acredita que a gestão Dilma conseguirá combater a corrupção na Petrobras. A pesquisa identificou ainda que a corrupção é considerada por 63,9% brasileiros como a principal causa responsável pela atual situação econômica no Brasil. E 50,6% dos entrevistados citaram a corrupção como a maior dificuldade a ser enfrentada pelo governo federal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp