Relatório inédito do TCU indica ‘dano injustificado’ na compra de Pasadena pela Petrobras

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O site do jornal O Globo divulga nesta terça-feira (1º) o conteúdo de um relatório inédito da área técnica do Tribunal de Contas da União (TCU), que indica que os gestores da Petrobras causaram um dano de pelo menos US$ 126 milhões aos cofres da estatal com a compra da refinaria norte-americana de Pasadena. De acordo com o documento obtido por “O Globo”, o prejuízo foi causado pelo fato de os gestores da empresa terem desconsiderado um laudo de avaliação da refinaria, elaborado por uma consultoria contratada pela própria companhia e com apontamento de um preço do empreendimento inferior ao que acabou sendo pago. O documento do TCU cita ainda que a estatal declarou ter pago US$ 170 milhões pela metade de um estoque que não valeria US$ 66,7 milhões. Os auditores do TCU consideram que, no caso dos estoques, há indício de irregularidade na maneira como a Petrobras tratou do assunto. A estatal informou ao mercado que pagou os US$ 170 milhões por estoques de produtos que estavam na refinaria na época da compra. Mas, ao analisar os detalhes do contrato, os auditores dizem que essa cifra efetivamente paga e declarada ao mercado não tinha relação com os estoques. Era de outra natureza, fazia parte de ajuste de preço na transação comercial.

Leia mais na reportagem de O Globo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp