Relatório do BC traz expectativa de inflação acima do teto e PIB em queda

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Pela primeira vez no ano, a projeção para a inflação medida pelo IPCA em 2014, feita por analistas e consultores do mercado financeiro, estourou o teto da meta, o limite definido em 6,5%. Segundo o boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta terça-feira (22), a estimativa saltou de 6,47% para 6,51% entre uma semana e outra. Há quatro semanas, a estimativa era de 6,28%. Para 2015, a previsão ficou estável 6%. Há quatro semanas, a expectativa era de 5,80%. Também houve piora nas perspectivas para o crescimento da economia brasileira neste ano. De acordo com o boletim Focus, recuou de 1,65% para 1,63% a previsão para o PIB de 2014. Há quatro semanas, a expectativa era de 1,70%. Os economistas mantiveram a previsão para a taxa Selic no fim de 2014 em 11,25% ao ano, há quatro semanas a previsão era a mesma. Para 2015, a mediana segue em 12,00% ao ano há dez semanas. A taxa básica de juros está em 11,00% ao ano desde a última reunião do Comitê de Política Monetária, que ocorreu em abril. O mercado financeiro ainda elevou a previsão para o déficit em transações correntes em 2014. A pesquisa Focus mostra que a mediana das expectativas de saldo negativo na conta corrente este ano passou de US$ 77,00 bilhões para US$ 77,05 bilhões. Para 2015, a previsão de déficit nas contas externas ficou estável em US$ 75,60 bilhões. Há quatro semanas, o déficit estava em US$ 75,00 bilhões para 2014 e em US$ 73,50 bilhões para 2015.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp