Queremos valorizar a Petrobras, patrimônio do povo brasileiro

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O mapa com as conexões dos envolvidos nas irregularidades da Petrobras foi novamente exibido pelo senador Alvaro Dias, na sessão plenária desta quinta-feira(29). Segundo o senador, o mapa desenha o roteiro que deveria ser perseguido para uma investigação competente que possa oferecer subsídios ao Ministério Público e às autoridades judiciárias. “Esse mapa mostra a origem dos recursos que deixaram a Petrobras e o caminho do dinheiro público, passando por várias áreas da administração pública e empresas privadas e percorrendo contas bancárias de empresas constituídas legalmente e de outras de fachada, criadas para ocultação de valores e lavagem de dinheiro. Esse mapa mostra o caminho das pedras, por onde devemos caminhar para chegar até os responsáveis pelos escândalos”, disse.

Alvaro Dias destacou ainda o conflito entre os calendários da CPMI da Petrobras e da Copa do Mundo: “O governo adotou uma estratégia de protelação com o objetivo de esgotar o tempo útil que poderíamos ter para fazer uma investigação em profundidade. Acredito que a Copa não deveria paralisar as atividades do Congresso, afinal Felipão não convocou nenhum parlamentar para a seleção.A população brasileira exige que a CPMI apresente resultados e que as autoridades punam os responsáveis pelos escândalos na Petrobras. Há uma organização criminosa que precisa ser desbaratada e presa. Creio que o Congresso Nacional pode oferecer a sua contribuição para que a sujeira seja retirada de baixo do tapete”.

O senador lembrou ainda a tentativa de investigação feita pelos oposicionistas em 2009, quando foi instalada a primeira CPI da Petrobras, e as barreiras criadas pelo governo: “Naquela época, protocolamos representações na PGR, mas o governo não tomou nenhuma providência. Queremos que a Petrobras volte a ser respeitada e valorizada com os profissionais competentes que lá estão cumprindo com o seu dever. Apresentamos 179 requerimentos na CPMI. Vamos tentar cumprir o nosso dever colocando o mal à luz e estimulando a valorização do patrimônio do povo brasileiro”, finalizou

 

Foto: Gerdan Wesley

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp