Presidente do TCU alerta para falhas do governo na área de segurança para a Copa do Mundo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O Brasil apresenta falhas na área de segurança a um mês do início da Copa do Mundo, que podem prejudicar a imagem do país no exterior. A declaração foi feita pelo presidente do Tribunal de Contas da União, ministro João Augusto Nardes, ao apresentar relatório elaborado pelo TCU e por tribunais de contas dos Estados que mostram que 40% dos órgãos de segurança estaduais não têm um plano de segurança, e que 68% não trabalham em conjunto com outros estados.

Durante a apresentação do relatório, o presidente do TCU disse que, apesar de alertas feitos pelo Tribunal, os governos estaduais e o federal não tomaram todas as medidas necessárias para superar os problemas relacionados à segurança durante a Copa. De acordo com João Augusto Nardes, o tribunal alertou, há dois anos, sobre as providências que os governos deveriam tomar, mas, segundo ele, o alerta não foi suficiente. “Fizemos diversas viagens em todo o Brasil e sentimos que algumas capitais não terão as obras de mobilidade. Há muitos canteiros de obras (expostos) que, por si só, causam preocupação, porque eles não estão adequados à estrutura da boa segurança para quem vai assistir a Copa do Mundo”, disse o presidente do TCU.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp