Precisamos preservar o patrimônio da Petrobras

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

No pronunciamento desta segunda-feira (07/04), o senador Alvaro Dias disse que a oposição vai insistir na criação da CPI da Petrobras, apesar dos sinais indicativos da base aliada de que vai indeferir o pedido na Comissão de Constituição e Justiça: “São muitas denúncias envolvendo a empresa como a negociação escusa na aquisição da refinaria de Pasadena, no Texas, e as irregularidades cometidas em relação às plataformas e refinarias, sobretudo a de Abreu e Lima, em Pernambuco, e a Getúlio Vargas, no Paraná. Denúncias que foram esquecidas durante certo tempo e agora elas foram revividas em função do trabalho do jornalismo investigativo, que acaba apresentando novos detalhes, nuances até então desconhecidas, que amarram as pontas de um grande escândalo de corrupção escondido nessa caixa-preta que se chama Petrobras – uma empresa fantástica, sempre orgulho nacional, com quadros técnicos de significativa competência. Portanto, uma empresa preciosa para o povo brasileiro, que tem o seu patrimônio dilapidado há anos em função da gestão claudicante e da desonestidade. Por isso, vamos ao Supremo Tribunal Federal para garantir a instalação da CPI e preservar a Petrobras”, disse.

O senador lembrou ainda que a Petrobras deixou de ser a décima segunda e passou a ser a centésima vigésima empresa do mundo e a mais endividada do planeta, com o valor do seu patrimônio reduzido à metade: “De 2009 até 2012, nós protocolamos 19 representações na Procuradoria-Geral da República, com denúncias de irregularidades na Petrobras. Elencamos aquilo que era mais contundente em matéria de corrupção, como desvios de recursos e pagamento de propina”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp