Obras para a Copa poderão atingir a marca dos 30 bilhões de reais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Reportagem do jornal “Estado de S.Paulo” publicada nesta terça-feira de Carnaval revela que o custo total das obras para a Copa do Mundo, anteriormente estimado em R$ 26 bilhões, pode chegar até a R$ 30 bilhões. Isto porque a Matriz de Responsabilidades, documento que reúne todas as intervenções relacionadas com o Mundial a cargo do governo federal, dos governos estaduais e cidades-sede, como obras em estádios a projetos na área de turismo, passando por telecomunicações, portos e segurança, teve sua última atualização feita em setembro do no passado. Segundo o “Estadão”, ainda terão que ser contabilizados no documento despesas como as estruturas temporárias exigidas pela Fifa para todas as arenas do Mundial. Em média, o custo vai ser R$ 40 milhões por estádio, a serem gastos com itens diversos como aluguel de tendas, aparelhos de raio X e implantação do sistema de tecnologia de informação. Essa é uma das pendências na preparação para a Copa. A 100 dias de a bola rolar, como lembra o jornal, a maior parte das cidades ainda não viabilizou a aquisição de materiais e equipamentos que compõem o aparato das exigências temporárias. Pior: em alguns casos ainda há discussão para definir quem vai pagar a conta.

Ainda de acordo com a reportagem do “Estadão”, faltando pouco mais de três para o início dos jogos, quatro estádios não tiveram suas obras finalizadas, e a maior parte das intervenções de infraestrutura, como as de mobilidade urbana, sequer ficarão prontas a tempo. Leia mais aqui.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp