“O Brasil vai mudar com o cumprimento das metas do PNE”, diz senador

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O senador Alvaro Dias (PSDB/PR) foi o entrevistado desta sexta (22) do programa Diálogo da Rádio Evangelizar, do Padre Reginaldo Manzotti. Ao jornalista Sérgio Silva, Alvaro Dias, relator do Plano Nacional de Educação (PNE), enumerou as mudanças propostas por ele para dar um salto de qualidade no sistema educacional brasileiro. O senador falou sobre a manutenção das APAES, garantida por ele no PNE, e sobre a importância da escolha da família: “Fizemos um texto que estimula a inclusão escolar dos alunos com deficiência. Uma escola não exclui a outra. Quem quiser freqüentar a escola comum terá essa garantia, mas vamos manter as APAES e o repasse de recursos para essas instituições. As famílias, que tanto amam os seus filhos, devem escolher qual é a melhor escola para eles”, disse.

Alvaro Dias destacou também  a meta do PNE que garante o investimento de 10% do PIB na educação. Atualmente o investimento é de 5,3% do Produto Interno Bruto.

Outros pontos defendidos pelo senador no PNE, e destacados na entrevista, foram a valorização do professor e a responsabilização do agente público que não cumprir as metas. “Hoje o Brasil seria um grande Haiti se não tivéssemos criado a Lei de Responsabilidade Fiscal, da qual fui relator no Senado, pois os governos imediatistas gastavam o que podiam e iam empurrando com a barriga. Precisamos também de uma Lei de Responsabilidade Educacional. Cabe também à sociedade, aos congressistas, a todos nós, a fiscalização do cumprimento das metas. Se esse plano for minimamente cumprido, o Brasil vai mudar e eu estarei realizado como político e como homem público”, disse.

Ouça a entrevista:



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp