No Estadão: análise sobre dificuldades para a oposição na corrida presidencial

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O jornal Estado de S.Paulo, em matéria sobre a repercussão da pesquisa feita pelo jornal em parceria com o Ibope, com novos números da corrida presidencial de 2014, ouviu a opinião do senador Alvaro Dias a respeito dos cenários eleitorais que mostram a presidente Dilma Rousseff liderando em todas as sondagens. O senador, ao jornal, faz uma análise mais pessimista da dobradinha Eduardo Campos-Marina Silva. “Foi uma péssima estratégia para a oposição. Com ela, tínhamos a garantia do segundo turno. Com a saída dela, perdemos uma candidatura competitiva. Vamos ter de reavaliar nossa estratégia de luta contra o governo do PT”, afirmou o senador Alvaro Dias. Nesta pesquisa Estadão-Ibope, Eduardo Campos não ultrapassa dos 10%, e Marina Silva com 21% nos dois cenários em que seu nome é colocado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp