Mais um apelo para que governo seja sensível ao drama dos aposentados do Aerus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O calvário vivido pelos aposentados do Aerus, o fundo de pensão dos ex-funcionários da Varig, foi tema de pronunciamento do senador Alvaro Dias, no Plenário, nesta quinta-feira (10). Alvaro Dias, que falou dirigindo-se a uma comissão de aposentados do fundo de pensão, presentes à sessão do Senado, lembrou que desde 2007 vem se pronunciando repetidas vezes, e participou de diversas reuniões em que se tentou negociar uma decisão célere e imediata para restabelecer a justiça aos pensionistas do Aerus.

“Em 2008, desta tribuna afirmei que os aposentados e pensionistas do fundo de previdência complementar Aerus foram enganados pelo advogado-geral da União, ministro José Antonio Dias Toffoli. Havia anunciado o acordo firmado com ministro Toffoli, para encaminhar ao Ministério da Previdência a determinação para cumprir a ordem judicial e efetuar o pagamento dos benefícios devidos aos associados do Aerus. Na sequência, o STF, por iniciativa da mesma AGU, cassava a liminar que garantia este pagamento. À época, protestei dessa tribuna, que fomos ludibriados por um governo insensível. Ressaltei que o ministro não desrespeitou e agrediu apenas o Senado, mas principalmente os aposentados e os idosos, muitos deles doentes. A AGU informava que está determinando o pagamento e ao mesmo tempo a liminar estava sendo cassada por iniciativa da AGU”, relatou o senador.

Depois de fazer um histórico das inúmeras vezes em que fez pronunciamentos, discursos, apartes e questões de ordem para falar da batalha travada por aposentados e pensionistas para fazer valer seus direitos, o senador Alvaro Dias disse que é de causar perplexidade que a decisão judicial que beneficia os beneficiários do Aerus não tenha sido até hoje cumprida.

“A cruzada deflagrada para sensibilizar a opinião pública, a mídia e conseqüentemente despertar o governo federal e o Congresso Nacional, é no sentido de vocalizar a imperiosa necessidade de uma solução rápida para o drama enfrentado por milhares de pensionistas. Eles são idosos e a maioria na faixa etária de mais de 70 anos, sem condições de retorno ao mercado de trabalho. Manifesto desta Tribuna do Senado da República a nossa solidariedade aos aposentados e pensionistas do Instituto de Seguridade Social Aerus, conclamando as autoridades constituídas para uma decisão imediata que restabeleça a justiça e a dignidade desses brasileiros”, concluiu o senador.

Foto: Luiz Wolff

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp