Jornais destacam cobrança por investigação sobre o leilão do campo de Libra

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Os jornais “O Globo” e “Valor Econômico” deram destaque, em suas edições desta quarta-feira (4), à cobrança feita pelo senador Alvaro Dias ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, durante audiência na CCJ, para que ordene à Polícia Federal abertura de investigação sobre suposto cartel de empresas no leilão para exploração de Libra, um dos maiores campos de petróleo do país. O leilão, promovido pelo governo federal, foi vencido pelo único consórcio que apresentou proposta (formado pelas empresas Petrobras, Shell, Total, CNPC e CNOOC), e pelo valor mínimo, de R$ 15 bilhões.

Leia abaixo trecho da matéria de “O Globo”, e mais abaixo, do “Valor”:

O Globo

“Os senadores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), Alvaro Dias (PSDB-PR), Cícero Lucena (PSDB-PB) e José Agripino Maia (DEM-RN) reclamaram contra o que consideram vazamento seletivo de informações do inquérito, que estariam prejudicando tucanos e demistas. Aloysio Nunes se queixou de que ele mesmo foi atingido indevidamente por parte das denúncias que chegaram aos jornais nas últimas semanas. O senador cobrou explicações do ministro sobre os vazamentos e insinuou que as informações teriam saído da PF.

Alvaro Dias disse que o PSDB não é contra as investigações sobre o metrô de São Paulo. Mas quer que a apuração se estenda a outros estados e também sobre contratos da Siemens e Alstom com o governo federal. Dias cobrou ainda investigação sobre suposto cartel de empresas no leilão para exploração de Libra, um dos maiores campos de petróleo do país, promovido pelo governo federal.

“Este me parece ser o maior cartel do Brasil”, disse Alvaro Dias.

Em resposta ao senador, Cardozo disse que as investigações estão sob sigilo e que, portanto, não poderiam ser acompanhadas por pessoas de fora dos quadros da polícia, do Ministério Público ou do Cade. O ministro disse que desconhece irregularidades no leilão de Libra, mas disse que, se Alvaro Dias dispõe de dados sobre o assunto, poderia repassar as informações ao Ministério da Justiça. As informações seriam encaminhadas à PF para as investigações”.

Valor Econômico

“Na reunião, o ministro foi questionado por senadores da oposição sobre as ações do Ministério da Justiça sobre o caso Siemens. O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) pediu que seja investigado o “cartel do leilão de Libra”, que, segundo ele, “é o maior cartel da história do Brasil”. Cardozo disse que não parece que houve cartel. “Mas, se houve, me parece legítimo que seja investigado”, disse o ministro”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp