Guido Mantega leva bronca da chefe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

A presidente Dilma Rousseff reclamou de comentários feitos pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, sobre dificuldades da economia brasileira e também sobre estudos de medidas no setor automobilístico. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, Dilma queixou-se diretamente com Mantega, reclamando principalmente da frase dita anteontem pelo ministro durante seminário da indústria em Brasília.

A presidente não gostou de ouvir de seu ministro da Fazenda que a economia brasileira está crescendo com duas “pernas mancas”, numa alusão à escassez de crédito para o consumo e às dificuldades criadas no país pela crise internacional. A análise, segundo a presidente, não foi a “adequada” e dá munição à oposição para criticar seu governo.

A petista repreendeu ainda o ministro por fazer comentários na portaria do ministério sobre tema delicado e ainda em estudo no governo: o anúncio feito por Mantega de que pode ser adiada a entrada em vigor da regra que exige que todos os carros novos no país tenham, no próximo ano, airbag duplo frontal e freios ABS. Esse tipo de entrevista, na avaliação de Dilma, gera o risco de interpretações negativas. Ela determinou que seu ministro explicasse a medida para a imprensa, ressaltando que ainda está em estudo e atende a um pleito do setor.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp