PT não foi capaz de reduzir analfabetismo no país em 12 anos de governo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (18) pelo IBGE, os 12 anos de governos do PT não foram capazes de reduzir significativamente a taxa de analfabetismo no Brasil. Os números do IBGE revelam que a taxa de analfabetos entre pessoas com mais de 15 anos pouco cedeu em pouco mais de uma década, passando de 8,7% para 8,3%. O número havia subido em 2012, despertando preocupação de especialistas. A redução em 2013 afasta o risco de eventual reversão do avanço que estava em curso no país desde o início dos anos 1990. Mas sugere, porém, certa dificuldade em baixar ainda mais o analfabetismo.

Mais da metade dos analfabetos (53%) do país está na região Nordeste, onde 16,6% da população com mais de 15 anos não sabe ler nem escrever. O problema é mais presente entre pessoas com mais de 60 anos – quase um quarto das pessoas dessa faixa etária (23,9%) são analfabetas. Mas o fenômeno também não foi extinto entre a população mais jovem. Segundo o IBGE, o analfabetismo aflige 4,6% das pessoas com idade entre 30 e 39 anos e 2,3% da população com idade entre 25 e 29 anos. Além desse contingente, outros 17,8% da população com mais de 15 anos -ou 27,9 milhões de pessoas-, são consideradas pelo IBGE “analfabetas funcionais”. São pessoas que têm menos de quatro anos de estudo e enfrentam dificuldades para ler e escrever.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp