Empresas do setor elétrico criticam políticas do governo Dilma e pedem soluções urgentes

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Dirigentes do Fórum das Associações do Setor Elétrico (Fase) entregaram ao secretário-executivo do Ministério das Minas e Energia, Márcio Zimmermann, relatório em que criticam as políticas do governo Dilma para o setor, além de pedir “soluções urgentes”. No documento, a entidade pede mais “transparência” do governo sobre as medidas que estão sendo adotadas para solucionar problemas que atingem o setor.

“O setor passa por um momento de grandes desafios nas áreas de segurança de suprimento, competitividade de preços e sustentabilidade ambiental. O princípio básico para a solução dessas questões é a discussão transparente com todos os agentes, instituições e com a sociedade em geral, que resulte em soluções de consenso”, diz o documento, divulgado durante o 11º Encontro Nacional dos Agentes do Setor Elétrico (Enase), no Rio de Janeiro.

O documento das associações do setor elétrico aponta problemas como a falta de segurança na infraestrutura e cita, como prova disso, os apagões e falhas registrados recentemente. “Os vários apagões ocorridos recentemente indicam a necessidade de cuidados especiais com as redes de transmissão e distribuição”, afirma o relatório.

Leia mais no G1.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp