Em debate na TV Senado, o Plano Nacional de Educação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Capturar“Na administração pública é preciso ter visão estratégica de futuro, em qualquer área, na verdade, imagina na educação. Portanto, é preciso, na área educacional, ter estratégia e visão estratégica de futuro. Se voltarmos no tempo, verificaremos que faltou essa visão de futuro em várias ocasiões. Quem sabe, com a discussão agora desse Plano, poderemos evitar que, no futuro, faltem professores e falte educação para os nossos filhos”. As afirmações foram feitas pelo senador Alvaro Dias, em entrevista para o programa “Argumento”, da TV Senado, que teve como foco a discussão do Plano Nacional de Educação para os próximos dez anos. Na entrevista, o senador, que é o relator do PNE, fala sobre as audiências que estão sendo realizadas pela Comissão de Educação, como a que ocorreu nesta semana e que envolveu o tema da gestão do ensino. Para Alvaro Dias, é consenso no Congresso que há a necessidade de se elevar o financiamento educacional para um patamar de 10% do Produto Interno Bruto, mas, como afirma o senador, a transferência de recursos significativos para o setor sem uma gestão competente poderá produzir, no lugar de avanços, um grande desperdício de dinheiro público. “Essa é uma questão essencial deste debate: os recursos disponibilizados com a gestão competente dos mesmos. O PNE tem metas ousadas, e se elas forem concretizadas com sucesso, certamente mudarão o panorama da educação no Brasil. Não há nada mais importante sendo discutido no Senado neste momento do que este Plano Nacional de Educação, portanto, queremos a participação de todos para mudar a educação para valer”, afirmou o senador Alvaro Dias. Veja aqui a entrevista na íntegra.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp