Dilma vai a Santa Catarina entregar máquinas; Presidente ou candidata?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

“A presidente Dilma cruza o Brasil distribuindo motoniveladoras, máquinas, como se fosse uma grande realização do seu governo. Na ausência de obras importantes, a presidente se satisfaz com essas ações, que tenta transformar em eventos espetaculosos. Certamente, em muitas viagens, a presidente deve gastar mais com a viagem do que com a aquisição do maquinário a ser distribuído”. A afirmação foi feita por Alvaro Dias, no Plenário, ao elogiar o discurso do senador Paulo Bauer, do PSDB catarinense. Bauer fez duras críticas à presidente da República pela visita que fez hoje a Santa Catarina, segundo ele, para sacramentar aliança com o governador do Estado e “saciar suas necessidades eleitorais”.

No aparte que fez a Paulo Bauer, o senador Alvaro Dias relembrou que, quando governador do Paraná, nos anos 80, o Banco do Brasil celebrava convênios com os municípios para a distribuição de maquinário agrícola, o que era realizado, como lembra, “sem nenhuma espetaculosidade” e nem viés eleitoral.

“Agora, na véspera da eleição, sem ter o que inaugurar de grandioso, a presidente Dilma reduz o status da sua função à insignificância para sair por aí como candidata, numa vilegiatura eleitoreira, buscando apoiamento político de prefeitos, numa barganha incrível. Apoio dos prefeitos por algumas máquinas, algumas motoniveladoras, que são entregues pela Presidente da República. Veja onde chegamos, a que ponto. E até quando isso será suportado pelo povo brasileiro?”, disse o senador Alvaro Dias.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp