Dilma e Lula sabiam do que acontecia na Petrobras, afirma editorial do “Estadão”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Editorial da edição desta sexta-feira do jornal “Estado de S.Paulo” afirma: Lula e Dilma sempre souberam do que acontecia na Petrobras. Segundo o jornal, em janeiro de 2010, Lula, que ocupava a Presidência da República, tendo Dilma Rousseff como ministra-chefe da Casa Civil, vetou os dispositivos da lei orçamentária aprovada pelo Congresso que bloqueavam o pagamento de despesas de contratos da Petrobrás consideradas superfaturadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Para o jornal, Lula sabia exatamente o que estava fazendo, tanto que se empenhou em justificar sua decisão em longa mensagem de veto encaminhada ao Congresso pela Mensagem n.º 41, de 26/1/2010, da Casa Civil liderada por Dilma.

“Até um cego enxerga que os governos petistas permitiram, quando não estimularam, as irregularidades na Petrobrás. E agora está claro e confirmado que Lula e Dilma não desconheciam o assalto à maior empresa brasileira. Tudo está registrado no Diário Oficial da União. As evidências são abundantes, resultado do trabalho do TCU, da Controladoria-Geral da União (CGU), da Polícia Federal (PF) e também do Congresso Nacional”, afirma o “Estadão” em seu editorial.

Leia aqui o texto do jornal na íntegra.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp