Desemprego tem a maior taxa em quatro anos e rendimento médio dos salários diminui no País

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O número de desempregados no Brasil subiu 23,1% em março deste ano em relação ao mesmo mês de 2014, e os salários tiveram redução. Foi o que informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (28), ao divulgar a sua Pesquisa Mensal de Emprego. O porcentual de desocupação corresponde a 280.000 pessoas que perderam o emprego ou estão a procura de trabalho no período. Segundo o IBGE, a taxa de desocupação no País ficou em 6,2%. Este é o mesmo índice de março de 2012 e o maior desde maio de 2011, quando chegou a 6,4%. Desde junho de 2013 a taxa não ultrapassava a marca dos 6%.

Ainda de acordo com a pesquisa do IBGE, o rendimento médio dos trabalhadores brasileiros chegou a R$ 2.134,60 – 2,8% abaixo do valor de fevereiro R$ 2.196,76. Essa queda é a maior desde janeiro de 2003, quando o indicador recuou 4,3%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a retração foi de 3%, a maior desde fevereiro de 2004.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp