Debate sobre construção da segunda ponte de Foz do Iguaçu

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

No Plenário, o senador Alvaro Dias destacou que nesta quinta-feira (27), deverão ser abertos os envelopes da licitação referente a construção da 2ª ponte que ligará o Brasil ao Paraguai, na cidade de Foz Iguaçu. Alvaro Dias lembrou que há controvérsia em torno do posicionamento da 2ª ponte. Segundo ele, o arquiteto Nilso Rafagnin, presidente da Fundação Iguassu, é uma das vozes credenciadas que alertam sobre a necessidade de reexame do posicionamento da 2ª ponte. Segmentos da sociedade de Foz do Iguaçu, capitaneados por Rafagnin, expressam o desejo de que seja instalado um parque nacional, estadual ou municipal no local destinado a construção original da ponte.

“Faço um apelo desta tribuna ao general Jorge Ernesto Fraxe, diretor-geral do DNIT, no sentido de que sejam abertas conversações com a sociedade organizada de Foz do Iguaçu na busca de um projeto que atenda aos legítimos anseios da comunidade. Entre os óbices apontados, ressalto que a Resolução 41/97 do Mercosul deliberou sobre a construção de um Polo Turístico Internacional que seria inviabilizado pela construção da ponte. A população, a sociedade organizada precisa ser ouvida. A região da Tríplice da Fronteira é estratégica e merece um tratamento condizente com sua importância”, disse o senador Alvaro Dias.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp