Datafolha confirma visão da população de que houve corrupção na organização da Copa do Mundo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O jornal “Folha de S.Paulo” divulgou nesta quinta-feira resultado da pesquisa Datafolha realizada com os moradores da cidade de São Paulo, no último dia 20, quando houve a greve de ônibus que tumultuou todo o sistema de transporte no município. Entre os questionamentos apresentados à população paulistana, o Datafolha investigou temas relacionados à realização da Copa do Mundo no Brasil neste ano, e o dado que mais chama a atenção é o alto percentual de pessoas que acreditam haver corrupção na organização do evento, 90%. Os paulistanos estão divididos em relação à conveniência de fazer a Copa no Brasil: 45% são a favor; 43%, contra. Como a margem de erro é de quatro pontos (foram ouvidas 819 pessoas), trata-se de um empate técnico. Já a condição do país para sediar o evento é menos controversa. Para 76%, o Brasil não está preparado para sediá-lo. E, para 66%, o torneio irá trazer mais prejuízos que benefícios para o país. Quando o assunto é a possibilidade de protestos durante o Mundial, porém, muitos mudam de lado. Nesse caso, 63% afirmam ser contra as manifestações, apesar de 76% acreditarem que os protestos contra a Copa irão aumentar até o começo da competição, em meados de junho.

Leia mais no site da Folha de S.Paulo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp