Confiança em decisão favorável do Supremo à CPI da oposição

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Na próxima terça-feira, na sessão do Congresso convocada para exame de vetos, devem ser lidos dois novos requerimentos de criação de CPIs mistas para apurar denúncias envolvendo a estatal, nos mesmos moldes dos apresentados no Senado. O requerimento da oposição prevê a investigação de quatro denúncias relacionadas à Petrobras – a primeira é a compra da refinaria de Pasadena (EUA). O outro, da base aiada do governo, repete esses fatos e acrescenta supostas irregularidades nos metrôs de São Paulo e do Distrito Federal e no Porto de Suape, em Pernambuco. Com isso, pode se repetir, no âmbito do Congresso Nacional, o impasse atual no Senado sobre a criação da comissão de inquérito.

De acordo com o senador Alvaro Dias, a oposição está confiante numa decisão favorável da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, à CPI exclusiva, tanto que ainda não foi definida uma estratégia para o caso de prevalecer a investigação mais ampla.

“Só vale a decisão do STF, que é terminativa, porque é o guardião da Constituição”, disse o senador. “Não discutimos estratégias em relação à atuação da oposição nesta CPI governista porque acreditamos que o STF vai nos poupar do problema, julgando favoravelmente a liminar que determina a instalação da comissão de inquérito apenas da Petrobras”, concluiu.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp