Alvaro Dias participa de debate sobre o fim do foro privilegiado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O senador Alvaro Dias participou, nesta quarta-feira (30/8), de um debate sobre o fim do foro privilegiado com a subprocuradora-geral da República, Mônica Nicida, e com o consultor do Senado e professor de Direito Constitucional, João Trindade. O Programa Justiça Viva foi gravado no Superior Tribunal de Justiça e será transmitido pela TV do STJ e pelo canal da TV no YouTube no dia 11/9.

Como autor da PEC que acaba com o foro privilegiado para autoridades -já aprovada no Senado- Alvaro Dias defendeu a pressão popular para pressionar a Câmara a colocar a proposta em votação: “Esse assunto tem que ser liquidado antes da eleição de 2018. Acho muito ruim para o País, e para a democracia, candidatos sob suspeição não serem julgados antes do pleito”.

Alvaro Dias disse que a Constituição deve ser respeitada e que todos devem ser iguais perante a lei, e alertou para o fato de crimes da Lava Jato prescreverem pela demora no julgamento, imposta pelo foro: “O foro privilegiado é um guarda-chuva protetor para o réu”. O senador também explicou aos debatedores que apresentou outra PEC para legitimar constitucionalmente a prisão em segunda instância.

A subprocuradora Mônica Nicida lembrou que o foro é uma herança do Império e disse que os tribunais superiores não são vocacionados para julgar ações penais: “Temos que acabar com esses privilégios antirrepublicanos. A aprovação da PEC do senador Alvaro Dias será um grande passo para acabar com os abusos”, destacou. Já o consultor João Trindade, autor de um estudo que apontou mais de 54 mil autoridades com foro no Brasil, disse que “nunca o País esteve tão perto de acabar como foro”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp