Alvaro Dias faz palestra na OAB sobre protestos contra o governo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

O líder da oposição, senador Alvaro Dias (PSDB/PR), voltou a defender, em palestra na OAB, na noite desta segunda-feira (13/4), a mudança do sistema de balcão de negócios na política, em que partidos políticos são cooptados para garantir o apoio ao governo: “Os manifestantes que estão indo às ruas querem a mudança desse sistema promíscuo, matriz de grandes escândalos, por um sistema mais republicano, com uma relação honesta entre os poderes”, disse.

O senador foi convidado pela Ordem dos Advogados do Brasil do DF para falar a desembargadores, juristas, advogados e estudantes sobre “Os Direitos Humanos e a Resposta às Manifestações Sociais das Ruas”. Segundo o vice-presidente da OAB, Severino Cajazeiras, a intenção das palestras é contribuir com a atual situação em que o país se encontra: “Estamos ouvindo representantes de todos os partidos e de vários segmentos da sociedade, e hoje trouxemos um parlamentar que honra o parlamento e a política, em um momento em que carecemos de homens íntegros que possam falar em nome do povo”, destacou o vice-presidente.

Na palestra, Alvaro Dias falou sobre o momento de desencanto com a política vivido no país, criticou o aparelhamento do Estado e defendeu as manifestações espontâneas que “têm brotado da fonte de indignação”. Segundo o senador, além do Executivo, o Poder Legislativo também precisa dar respostas, cortando gastos, e citou projetos que apresentou, como o que exige concurso para conselheiros de tribunais de contas dos estados e o que reduz o número de parlamentares em todas as instâncias de poder. “Cortar na própria carne é essencial para que possamos ter autoridade para cobrar mudanças nos outros poderes”, disse o senador sob aplausos da plateia.

O senador, que depois da palestra respondeu a questionamentos dos presentes, falou ainda sobre as denúncias envolvendo a Petrobras e o BNDES; sobre o projeto que impede a retirada de assinaturas em requerimentos de CPIs; sobre a tentativa de transformar corrupção em crime hediondo e sobre a reforma política, em especial a “necessidade de construir partidos de verdade, e não siglas para registro de candidaturas”. No final. Alvaro Dias recebeu dos dirigentes da OAB um certificado “pela contribuição com a democracia”.

Veja as imagens do evento, clique aqui. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp