Al Capone e Refis – Sugestão de leitura

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

“Não entendo por que certas pessoas enveredam pelo crime, se existem mil maneiras legais de ser desonesto”. No apogeu da sua vida criminosa nos EUA, era o conselho dado pelo “gangster” Al Capone. Terminou sendo condenado pelo FBI por sonegação fiscal e não pelas centenas de crimes violentos que cometera. Se vivesse no Brasil, jamais seria condenado. Esperaria que o governo de plantão lançasse um Programa de Regularização Tributária, popularmente conhecido como Refis. Nas últimas duas décadas foram lançados 25 Refis destinados a refinanciamento de dívidas com a União. No governo FHC, em 2000, foi o primeiro. No governo Lula da Silva, foram aprovados 10 e no governo Dilma Rousseff, foram 13. A inflação dos programas de regulamentação tributária afeta mortalmente as receitas públicas.“Leia o artigo de Hélio Duque na integra clicando aqui”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp