Ajuste fiscal de Dilma fará com que brasileiros paguem 47 bilhões a mais em impostos e contribuições

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Cálculos feitos pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) revelam que o ajuste fiscal proposto pelo governo Dilma deve elevar a carga tributária brasileira em 0,8% do PIB deste ano. Isso significa que, se tudo o que foi anunciado for aprovado pelo Congresso e colocado em prática pela equipe econômica, os brasileiros pagarão cerca de R$ 47,5 bilhões a mais em impostos e contribuições. E a projeção do IBPT é que o adicional de tributos exigidos para melhorar as contas públicas, por baixo, chegue a 100 bilhões de reais de acréscimo até o final do atual governo.

De acordo com o IBPT, as medidas anunciadas pela equipe econômica representam um adicional de R$ 39,8 bilhões à carga tributária, e outros R$ 7,7 bilhões sairão dos cofres de Estados e municípios, que também reajustaram os impostos que lhes cabem, como IPTU e IPVA. Confirmada a tendência, a alta de impostos em 2015 seria o dobro da registrada em 2014 e a carga tributária fecharia o ano em 36,22%. Para o Instituto, se todas as medidas forem implementadas, o custo para a sociedade neste ano será de cerca de R$ 55 bilhões de reais.

Leia mais no site do “Estadão”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp