A consumação da privataria petista: apenas uma proposta para Libra, e com valor mínimo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

“O leilão do campo de Libra enfim se consumou, com um espetáculo de violência do lado de fora do hotel em que ocorreu a solenidade. As várias pessoas feridas, os carros incendiados e a violência utilizada contra manifestantes marcaram tristemente a entrega de um patrimônio extraordinário do povo brasileiro. Aqueles que nas eleições passadas demonizavam as privatizações como forma de ganhar votos, agora lançam mão dela em um momento no qual a Petrobras apresenta uma gestão claudicante”. A afirmação foi feita pelo senador Alvaro Dias no Plenário, instantes após ter sido divulgado o resultado do leilão do campo de Libra, no Rio de Janeiro. O vencedor do leilão do campo petrolífero foi o único consórcio que apresentou proposta, o grupo formado pelas empresas Petrobras, Shell, Total, CNPC e CNOOC, que pagou o valor mínimo exigido pelo governo. “Uma decisão tresloucada este leilão, para o qual muitas grandes empresas do setor desistiram. O consórcio vencedor ficou isolado para abiscoitar este patrimônio extraordinário entregue pelo governo do PT, nesta que é a maior privataria da história do País”, salientou Alvaro Dias no Senado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp