STF e anarquia partidária – Sugestão de Leitura

0
2153

A anarquia partidária, com 35 partidos registrados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e 63 aguardando a aprovação dos seus registros, tem um único responsável: o STF. Com representação parlamentar são 28 fazendo do Brasil um país ingovernável. A grande maioria partidos fisiológicos e outras siglas de aluguel que vendem o apoio aos governos de plantão, em tenebrosas transações. São integrantes da desmoralizada base de sustentação do governo central. Sobrevivem da nomeação de cargos, vantagens pessoais e eleitorais, em que a grande vítima é o dinheiro público. O Congresso Nacional foi transformado em mercado persa. Governar com maioria parlamentar é impossível pela inflação de partidos e interesses diferenciados.“Leia o artigo de Hélio Duque na integra clicando aqui”